sábado, 3 de novembro de 2018

O QUE MAIS SE PODE FAZER COM CAIXAS DE LEITE?

Como disse na postagem anterior, as caixas de leite são muito versáteis. E com elas, podemos fazer muitas coisas, como por exemplo:

SEMENTEIRAS: Sabe aquelas mudas de plantinhas ou sementes? Então, basta cortar uma parte da caixa na largura ou no comprimento, furar o fundo, colocar terra boa e as mudinhas. Após brotarem, é só passar para um vaso bonito. Fácil, não é mesmo?



PORTA-RETRATO: Junte algumas caixas de leite, cole-as umas às outras com cola branca, fita crepe ou grampeador. Corte jornal ou folha de revistas em pedaços pequenos e irregulares com as mãos e cole-os com uma porção de cola e 1/4 dessa porção de água sobre a base do porta-retrato. Faça o mesmo com o fundo e com uma tira larga (8 a 10 cm) da altura do porta-retrato. Espere a secagem e repita mais 2 vezes esse empapelamento. 

Quanto estiver bem seco, encape tudo com tecido, papel ou pinte com tinta acrílica ou PVA. Enfeite com flores de papel ou de tecido (comprados ou feitos por você). 

A tira deve ser dobrada na altura que desejar e manter o porta-retrato em pé. Cole com cola quente.



PORTA-RETRATO/ORGANIZADOR: Você vai precisar de umas 10 caixas de leite, coadores de café usados (retirando apenas a borra) e secos, cola, pincel e panos de limpeza. Abra totalmente 3 ou 4 caixas tirando apenas o lugar por onde sai o leite, o fundo e sobre uma das dobras no sentido da altura da caixa. A medida do comprimento, largura e altura é você quem decide. Reserve-as para o "fundo".  

Repita a mesma operação com outras 3 ou 4 caixas, corte-as nas medidas desejadas e reserve-as para a "base". Com as caixas que sobrarem, corte-as apenas no sentido das alturas desejadas (uma mais alta para lápis, e a mais baixa para outra coisa que desejar) e sem desmontar a caixa. Empapele tudo com duas camadas de papel (jornal ou revista) e faça 2 camadas, entremeando com secagem. 

Com uma escovinha, limpe as borras dos coadores de café e rasgue-os com as mãos. Cole-os em todas as peças como na empapelação. Depois de seco, pinte as junções  com uma tinta marrom mais escuro.

Com cola quente, una a base e o fundo. Cole o enquadre da foto nas laterais e na parte de baixo. A parte superior fica aberta para poder colocar a foto. feito isso, cole as caixas. Coloque a foto.


COFRE OU CAIXA DE PRESENTES: Se você esta a fim de dar uma lembrancinha (Páscoa, Natal, dia das Crianças etc) você poderá fazer estas lindas casinhas feitas com caixas de leite. Cada uma é uma caixa inteira. Uma parte do telhado é fixa e a outra parte, é presa apenas na parte de baixo. Ambas são perfuradas no centro para a passagem de uma fita. O restante é papel colado com cola branca. Janelas, portas e partes do telhado podem ser pintadas ou coladas com novos papéis que combinem.


BRINQUEDOS: Feitos com caixas de leite. São caixas que imitam bonecos, marionetes e caminhões, todos recobertos com papéis para dar o fundo e fazer os restantes dos detalhes. Porém, se preferir, pode usar feltro, tecidos ou lãs. 

 

MATERIAIS DIDÁTICOS:  Cada caixa de leite dá um cubo. Forre com papel, cole os detalhes (letras ou números). Ao brincar, as crianças podem formar palavras.


Fonte: imagens Google.

terça-feira, 16 de outubro de 2018

RECICLANDO CAIXAS DE LEITE

As caixas de leite são formadas por uma espécie de papelão diferente, firme e impermeável. chamados "TETRAPAC". Isto porque ele é formado por 5 camadas: 3 camadas plastificadas, 2 aluminizadas e 1 de papel kraft. E todas essas camadas são coladas e prensadas. Por isso, as caixas de leite são bastante resistentes.

Na reciclagem artística, aproveitamos a caixa toda. Para isso, precisa de uma boa higienização: lavar internamente com detergente para tirar a gordura do leite, secagem e, na hora de usar, passar um pano embebido com álcool, para tirar alguma poeirinha durante a secagem e o cheiro. Com caixas inteiras podemos fazer:

ORGANIZADORES DE GAVETA - para separar meias, cuecas ou calcinhas por cor, lenços, etc. Ou ainda, em gavetas de trabalho, para separar lápis e miudezas que queremos guardar sem misturar umas com as outras. Basta separar algumas (que a gaveta comporte, naturalmente),  cortar uma das faces, forrar as caixas com papel ou tecido de cor lisa ou estampada de sua  predileta e, no final, colar ou grampear umas na outra.   


EMBALAGENS PARA PRESENTES: para isso, você precisará de várias caixas higienizadas. Pode ser em forma de sacolinha, como estas:


Você poderá cobri-la com papel ou tecido de sua preferência por fora. Depois de forrada, faça dois furos com um furador em ambos os lados e com uma tira de papel kraft enrolado (ou fita de cetim ou de gorgurão) faça as alças. Enfeite com flores ou no motivo da data a ser comemorada (Páscoa, Natal, aniversário, dia das crianças etc), coloque o presente dentro e está pronto. Fica bonito e com um custo bem baixinho.

ORGANIZADOR GAVETEIRO - você precisará de uma caixa de papelão quadrada ou retangular pequena e 4 caixas de leite, papel, tecido ou contact, papel ou tecido para forrar, cola branca e enfeites do seu gosto (laços, flores, medalhões, fuxicos etc).  



Meça primeiro, quantas caixas de leite cabem na caixa de papelão a ser usada. Retire da caixa de papelão as abas da parte de cima da caixa de papelão. Use as abas para os separadores de espaço. Forre tudo (por dentro e por fora) com papel, tecido ou contact antes de colar os separados para facilitar o trabalho. Se preferir, pinte com tinta acrílica. em seguida forre a caixa e escolha os puxadores (pode ser as tampinhas das caixas de leite ou de refrigerante). Os puxadores podem ser revestidos com tecido, papel, pintado ou com contact. Pode ser ainda um pregador com um laço cola (com cola quente). Retire uma das partes mais gargas das caixas de leite, encape e cole os puxadores. Se pintar, precisa dar uma ou duas demãos de verniz a base de água, que se encontra em qualquer papelaria que vende produtos para artesanato. Coloque as gavetinhas e está pronto.

CASA DE PASSARINHO - Você vai precisar de 2 caixas de leite, papel de sua preferência, cola branca e cola quente e enfeites. Corte a parte de cima na dobra da parte de ima de uma das caixas de leite e a outra, abra-a inteiramente. Na que não foi aberta, meça o meio  da lateral mais larga e a altura do telhado. Nessa mesma lateral, desenhe uma oval ou um círculo e recorte. Encape com papel ou tecido. Enfeite como quiser ou que tiver a mão. com a outra caixa aberta meça o telhado aproveitando a dobra central da caixa. Recorte as sobras, encape e cole na casinha com cola quente. Desenhe ou recorte um passarinho (no Google há muitos) e cole numa sobra da caixa e volte a colar na frente da casinha, como mostrado na foto. E pronto. É bonitinho para enfeitar quarto de criança.



CAIXA QUADRADAS COM TAMPA - Abre-se totalmente duas caixas. Corte-as em tiras de 1,5 a 2 cms de largura, no sentido do comprimento.


Para saber como fazê-las assista ao vídeo:



VASOS COM CAIXAS DE LEITE: ficam lindos e são bons objetos de decoração. Existem vários modelos que você pode aprender e outros que você pode inventar.

 

Para saber como fazê-los assista ao vídeo:


sexta-feira, 28 de setembro de 2018

RECICLANDO PAPÉIS 2

Vejam mais o que podemos fazer com papel, seja ele jornal, folhas de revistas, de caderno ou qualquer outro. Veja que lindas estas bolsas!

 

E que tal estas mandalas para enfeitar aquele cantinho de sua casa que parece vazio?

 



Quer pratos decorativos para festas ou decoração da casa? Veja este exemplo, que bonito:


Ou então, está precisando de um pote para guardar alguma coisa? Também serve como elemento decorativo.

Fontes: 
Imagens Google
Para aprender a fazê-los procure no Youtube.

quinta-feira, 13 de setembro de 2018

RECICLANDO PAPÉIS


Observando os vasos da foto acima, você diria que são de porcelana, não é mesmo? Mas na verdade, são feitos de papel. Isso mesmo, de PAPEL! São feitos com várias camadas de papel colado, uma camada de massa de modelagem acrílica  ou de "massa corrida" dessas para parede, depois de seca é lixada, pintada e envernizada.

Qualquer papel usado e limpo pode ser reaproveitado: a) como "papietagem"   (como nos vasos mostrados acimaou "carta pesta" (nome usado para a papietagem em países de língua espanhola); b) como  rolinhos, feitos com a ajuda de um palito de churrasco, lápis, régua ou outro objeto qualquer, podem ser feitos objetos como estes vasos:

 

  

ou como estes organizadores:




Ou caixas:
 

Ou bolsas como estas:

  
ou quadros decorativos, porta-retratos e muitas outras coisas. 

 

 

 
 Ou ainda cortinas para portas e janelas, como estas. O que vale é sua imaginação.

 



Papéis rugosos como os higiênicos ou os usados na cozinha (limpos, evidentemente), servem para dar textura à algumas peças, o que as torna mais ricas visualmente e únicas.

imagens Google.

sexta-feira, 7 de setembro de 2018

GRAMATURAS E TIPOS DE PAPÉIS


Existe uma variedade enorme de tipos de papéis. E de tempos em tempos, outros novos aparecem. Uns são brancos, coloridos, brilhantes, foscos, lisos ou estampados.

Gramatura é o peso da folha de papel por metro quadrado (m²) dado na grossura do papel. E é essa grossura, mas o material utilizado na sua confecção que difere um tipo dos demais. Na indústria de papel, a GRAMATURA é chamada de “gramagem”.  É uma medida padronizada, expressa em gramas (1g/m²) como exigência da ISSO 536. No entanto, podemos encontrar papéis que pesem mais ou menos que essa medida.

Para fazermos qualquer coisa, devemos levar em conta o tipo e a gramatura mais adequada ao propósito do que queremos fazer. O papel mais adequado, portanto, tem a ver com a gramatura do papel.


Se queremos escrever, desenhar ou fazer impressões caseiras ou comerciais (papel timbrado, marcar pedidos, notas fiscais, recibos) usamos o papel OFF SET (mais conhecido como o sulfite), de gramaturas 70, 75, 90, 120, 150, 180 e 240g. Normalmente, é um papel branco, mas pode ser encontrado também nas cores: rosa, azul, verde e amarelo.


Para impressões mais delicadas como, devemos usar o papel COUCHÊ, por ter melhor qualidade e gramaturas de 70, 75, 90 e 115g (de fabricação nacional). Este tipo de papel pode ser encontrado nas cores branco e colorido, sendo:

papel couchê duplex

calendário feito de papel couchê triplex

- brilhante em ambas as faces (COUCHÊ DUPLEX OU TRIPLEX de gramatura 270, 300 e 370g (importado); usados para fazer: folhas para a confecção de livros, revistas, folders e catálogos.

- uma face brilhante e a outra opaca, de gramaturas de 75, 90, 115, 150, 170 e 230g (nacional); usados para fazer: rótulos, etiquetas, calendários (de mesa ou de parede)

- ambas as faces são opacas e nas gramaturas 75, 90, 115, 150, 170 e 230g (nacional), para fazer: convites, pinturas, desenhos e textos impressos.


O papel BÍBLIA é um papel fabricado com uma pasta química de alto teor de carga mineral, esbranquiçado e opaco, podendo conter ou não linhas d’água. Sua gramatura máxima é de 50 g/, portanto, um papel fino, mas encorpado. Seu uso mais frequente é na impressão das Bíblias.



 O papel crepom, de seda, cartolinas e color set  são feitos com papel bouffant.






O papel BOUFFANT, feito essencialmente de pasta química branqueada, com alto teor de carga mineral (10%), sem adição de cola, podendo ou não conter linha d’água. È um papel encorpado e absorvente, de boa qualidade e pode ser usado na impressão de livros, serviços de tipografia e cópias mimeografadas. O bouffant de qualidade inferior, contém pasta mecânica. Apesar serem bastante semelhantes, diferem na qualidade e no preço.

 
papel kraft

papel pardo

Papéis mais grossos, como os KRAFT e PARDO, são apropriados para embrulhar coisas, fazer sacolas, forrar prateleiras e outros, por serem mais duráveis e resistentes. A diferença entre um e outro é o brilho e a espessura do papel. O papel pardo tem um lado brilhante e é mais fino que o Kraft. 

Com o papel pardo faz-se envelopes encontrados em qualquer papelaria e sacolas de papel.

 

A reciclagem de papéis começa ainda na indústria. Os papéis que apresentam defeitos de composição ou de gramatura são reutilizados na fabricação de papéis mais rústicos como o CORRUGADO e o PAPELÃO.

papel corrugado - cor única e brilho

papel corrugado fantasia

O papel CORRUGADO ou ondulado (como é mais conhecido) é composto de fibras de celulose com sobra de um monte de papéis de tipos e gramaturas diferentes. Esses papéis colados e prensados numa matriz ondulada. O corrugado é aquele que tem o direito ondulado e o avesso liso. Servem para a confecção de caixas e embalagens importantes.

papel cartão fosco ou brilhante são papelões finos

Já o PAPELÃO é composto por 80% de material reciclado e o restante de material novo. A produção mundial da reciclagem de papéis transformando-os em papelão vêm crescendo a cada ano desde 1998, chegando a uma produção de 1 bilhão e 600 milhões de toneladas. Esta é uma taxa de 71,6% maior, se comparadas com outros tipos de embalagens, inclusive das plásticas. Só o Brasil produz 1,6 milhões desse papelão.


O papelão mais grosso é formado por 3 camadas de papéis virgens ou reciclados: a) as capas (ou forros) externas é um papelão fino que reveste a camada interna (ou miolo) feita de um papelão corrugado. O miolo pode ter uma ou duas camadas de papel corrugado separadas por uma camada de papelão fino, de uma qualidade inferior.


Na reciclagem do papelão ondulado, o “aparista ou papeleiro” tem grande importância; é ele o responsável pela triagem e qualidade do material destinado às indústrias recicladoras.



Seu principal uso é na confecção de caixas, por serem muito resistentes, firmes e leves. Seus maiores consumidores são as indústrias de produtos alimentícios, bebidas, eletrodomésticos, fruticultura e avicultura. No entanto, o mundo desperdiça 5% do papelão. Nas principais zonas urbanas, as caixas de papelão são descartadas.

Todos esses papéis podem ser reciclados tanto pelas indústrias ou de forma artística, evitando o corte de árvores para a aquisição da celulose. É preciso dizer que essas indústrias têm cuidado da conservação ambiental, plantando e replantando árvores em matas próprias e destinadas a esta finalidade.